Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

365 Diary

Um Blog, para falar de tudo um pouco, um pequeno diário, dia a dia, viagens, receitas, costura, etc.

365 Diary

Um Blog, para falar de tudo um pouco, um pequeno diário, dia a dia, viagens, receitas, costura, etc.

O Estranho caso de um Português que não sabia conduzir.

O que se passa com os condutores Portugueses? Civismo é mesmo uma coisa que não nos assiste em Portugal.

Ontem, vinha eu do aeroporto a caminho de casa, quando de repente na autoestrada de Cascais, um senhor com um carro atravessa as três faixas da esquerda para  a direita e mete-se á minha frente á queima roupa, para sair na mesma saída que eu. Nem sei, como não me bateu, ou por outra sei, porque eu ainda travei e guinei o meu carro para o lado, quase fiz um peão e apanhei um susto valente.

Era mesmo um daqueles meninos com ar de campeão, ainda lhe dei uma buzinadela, mas nada que o fizesse fazer um simples gesto a pedir desculpa. Foi á minha frente durante algum tempo e deu para perceber que este é o seu modus operandi. Uma BESTA, que não percebo honestamente como a polícia não vê estes atrasados mentais. Mas a vingança serve-se fria, e eu não resisti.

A caminho da zona da minha casa existem uns sinais, eu parei num e ele noutro, ambos para estradas diferentes, mas no final podem ir dar á mesma. O meu sinal abriu primeiro e segui o meu caminho, quando estou a chegar á rotunda, vejo o dito espécime raro aparecer  da outra estrada que vai dar á mesma rotunda.

Como estava dentro da rotunda, ele desta vez não se enfiou á minha frente, meteu-se a trás de mim e saiu exatamente para a mesma rua que eu. Pensei agora vou-me vingar. Eu até não sou destas coisas, mas confesso que ontem fiquei irritada, se calhar porque tinha feito um voo de 8 horas, mais não sei quanto tempo para sair do aeroporto, desejosa de chegar a casa para abraçar o meu filho, e pelo caminho alguém me faz quase ter um acidente. Acho que depois do que me fez que tinha o direito.

Esta rua onde ambos entrámos é uma rua de sentido único só com uma faixa e não dá para ultrapassagens. Já que o campeão vinha com tanta pressa, ficou sem ela. A rua tem cerca de 800 metros e eu resolvi fazê-la a 10 á hora, literalmente. Vocês não estão bem a ver, pelo espelho consegui ver o senhor a bufar a refilar a fazer todos aqueles gestos interessantes com as mãos. Enfim o típico macho. Nem quero pensar os nomes que me deve ter chamado, deve ter sido de P***** para cima. Confesso que numa determinada altura temi pela minha vida, pensei ainda me vai bater por trás, para eu ter de parar e dar-me uma tareia que até alcatrão vou comer. Mas não desisti, assim que pode, ultrapassou-me parecia uma flecha e refilava fazia gestos tudo e mais alguma coisa. Apenas olhei para ele e sorri, acho que ainda ficou mais enfurecido.

 

Confesso não sou mesmo destas coisas, mas ontem soube-me bem.

Infelizmente, na estrada todos os dias vimos situações destas. Na empresa onde trabalho recebo muitos colegas de fora, que a primeira coisa que me dizem, quando chegam ao escritório é o “Homem do táxi pareceria um louco a conduzir”, eu sorrio e digo não são só eles, são todos, esta é a forma dos portugueses conduzirem. Esta é a nossa imagem, não admira que existam tantos acidentes em Portugal. Não tem nada a ver com andar depressa ou não, podemos andar depressa e ser conscientes do que estamos a fazer. Acho que os portugueses têm uma má relação com o travão, é um pedal que não conhecem até acho que alguns tem medo de lhe tocar, não vá o mesmo lhe morder. Por isso, fazem todo este tipo de manobras mirabolantes. Hoje de manhã na mesma autoestrada, mais um louco fez várias gincanas, ora estava na esquerda ora estava na direita um louco, atravessava as três faixas de uma vez. Estes loucos, põe em causa a vida deles e a dos outros.

Enfim é o país que temos.

 

download.jpg

 

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D